Buenos Aires, Tango e Paixão – O Café Tortoni

Eu sempre senti algo especial quando ouvia um tango. O tango é um ritmo apaixonado, que nasceu nas zonas de baixo meretrício de Buenos Aires. Seus cantores e compositores tinham aquela aparência de cafajestes conquistadores, que fazia com que as mocinhas se derretessem em seus braços. Ao ser dançado, o tango tem pegadas decididas, e o corpo da mulher parece ser minuciosamente explorado com desejo pelo homem. A música suscita devaneios proibidos, e a dança certamente inspira os amantes apaixonados.
Embora o sentimento sobre o tango fosse coisa antiga, foi em terras porteñas que pude ver o que realmente significa todo aquele ímpeto derramado nas milongas lotadas de pessoas que dançam extasiadas até o dia amanhecer.
Buenos Aires tem cheiro de tango, logo exala paixão. É o destino perfeito para aqueles que desejam estar a sós e aproveitar momentos de amor avassaladores. A combinação boa comida + excelentes vinhos + excelentes preços faz com que essa cidade seja muito atraente para jovens casais que possuem dentro de si as fagulhas do amor bem acesas.
Entre tantos lugares dados ao romance que Buenos Aires abriga, existe um especificamente que merece atenção: o Gran Café Tortoni. Ele fica na Avenida de Mayo, e provavelmente tem cerca de 150 anos. A sua ambientação é anos 1920, época de ouro da cidade que era então conhecida como a Europa dos Trópicos.
O local era freqüentado por personalidades do meio artístico e jornalístico, e certamente isso ajuda a deixar ainda mais em evidência o clima de boemia do café. Na parte de cima, um salão de bilhar, figuras em tamanho natural dos ilustres visitantes, abajours coloridos a venda por todos os lados, mesas charmosas, bom vinho e boa comida. No entanto, como bem sabemos, a melhor parte do romance não acontece diante dos olhos de todos, por isso é preciso reservar com antecedência a sua ida ao local onde antes era a bodega do café. É lá que encontramos uma das melhores experiências de tango que Buenos Aires pode oferecer a um casal apaixonado.
Lá embaixo, nada de pompa: o amor é retratado em carne viva na pele dos artistas que contam a história do tango através da música ao vivo e da dança. Casais cheios de desejo deslizam pelo palco acompanhados por um cantor ao som do piano, do violino e do bandoneon, embevecendo os olhares ávidos daqueles que assistem ao show. No momento em que já estamos praticamente sem fala, o cantor nos convida a compartilhar com ele aqueles momentos de puro êxtase cantando em coro um dos clássicos de todos os tempos “El dia que me quieras” de Carlos Gardel. Mesmo aqueles que não falam a língua, acabam cedendo ao envolvente chamado para fazer parte daquele arrebatador momento de amor coletivo.
Ao final do show, nos sentimos como se precisássemos de mais, e mais, e mais paixão, pois o tango inspira os corações. Mas isso em Buenos Aires é fácil: uma garrafa de vinho e o aconchego dos braços do amado, enaltecido pelos ares da cidade, acalmam qualquer coração desejoso…
Serviço:
Gran Café Tortoni: http://www.cafetortoni.com.ar/
Avenida de Mayo 825
Buenos Aires – Argentina

About Nicole Delucca Linhares

Uma jornalista obcecada pelo lado bom da vida que está sempre em busca de experiências românticas para dividir com o mundo. Apaixonada por comidinhas, pores-do-sol, plantas, livros, cinema, viagens e teatro. É também professora de italiano, cozinheira para todas as horas, filosofa de boteco e, por fim, uma mistura doida de Minas, Itália e Piauí!

2 comments on “Buenos Aires, Tango e Paixão – O Café Tortoni

  1. oi, qdo sai o próximo vôo pra Buenos Aires? rs…
    Vc já havia me ocnvencido a ir qdo conversamos, mas dpois de ler essa descrição deliciosa de sua percepção sobre a europa dos trópicos, a vontade cresceu mais ainda!

    Bjnhos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *