Bistrô romântico em BH: Dias de Graça Bistrô Bar no bairro Caiçara

bistrô romântico em BH

Enquanto vocês aguardam a continuação do meu final de semana em Curitiba, trago uma dica de bistrô romântico em BH. Nessas minhas andanças em busca de novidades gastronômicas na cidade, surpreendentemente acabei indo parar no bairro onde vivi minha vida inteira: o Caiçara.

O que faz deste um bistrô romântico em BH? Acima de tudo a decoração.

Digo surpreendentemente porque o Caiçara não costuma ser um bairro onde imperam restaurantes gourmet. Pelo contrário, o bairro sempre foi lar de excelentes bares. Inclusive, já falei aqui do Pedacinhos do Céu, do meu amigo Ausier Vinícius, rei do chorinho, que também é lá. No entanto, fiquei orgulhosa de saber que o bairro onde cresci tem lugares especiais como o da dica de hoje. Em suma, agora o bairro pode se orgulhar de lugares como o Dias de Graças Bistrô Bar.

Um novo bistrô romântico em BH

Primeiramente vamos falar mais da sua localização: O Dias de Graças fica numa ruazinha calma, pequenininha, sem muito movimento, pertinho da Avenida do Canal. Ele foi aberto no ano passado e inesperadamente se tornou um super point romântico na cidade. Só estou escrevendo sobre ele agora, contudo confesso que já tinha ido ao local anteriormente, logo que ele inaugurou. Entretanto, sempre quando as casas abrem, elas vivem momentos de adaptação.

Sendo assim, antes de continuar essa resenha, preciso confessar que não amei o restaurante na primeira vez que o visitei, e justamente por essa razão ele não virou post aqui no blog antes. Mas, sou o tipo de pessoa que dá mais de uma chance aos lugares e geralmente não me arrependo disso. Se a primeira impressão que tive da casa não foi boa da primeira vez, sem dúvida alguma quando retornei ao local vivenciei boas surpresas.

Sem sombra de dúvidas uma das coisas que mais me incomodaram no lugar foi a extensão do cardápio. Eles ofereciam muitas opções, especialmente de pratos de difícil execução, especialmente com carnes exóticas, que se o cozinheiro não tem conhecimento, a coisa se complica.

Cestinha de carne de sol com catupiry

Tive notícias de que eles trocaram de chef, e isso certamente ficou claro para mim entre a primeira e a segunda vez que visitei a casa. Lembro-me claramente que da primeira vez que estive lá lamentei imensamente a qualidade da comida não ser tão boa quanto a decoração da casa. Porém, no meu retorno ao local tive a oportunidade de ser feliz tanto na gastronomia quanto na experiência do local. E é portanto por essa razão que o Bistrô está sendo tema hoje de post no blog.

Bife Ancho com arroz da minha primeira ida ao local

Um bistrô romântico por vocação

Pois bem: deixando de lado os pormenores descritos acima, voltemos ao que interessa. Assim que entramos na casa percebemos que o Dias de Graça nasceu exatamente pra isso: ser um lugar romântico. Tanto é que a Veja BH acabou premiando o local como simplesmente o melhor bar para se frequentar a dois em Belo Horizonte na edição Comer e Beber de 2014.

A casa

O Dias de Graças está em uma casa antiga, dessas que encontramos pra todo lado no Caiçara. Porém, ela foi toda decorada com base em um misto de tendências que vão dos arabescos presentes nos lustres e portas, passam pelo barroco dos temas dos papéis de parede e culminam em toques de pop art.

Nesse bistrô romântico em BH encontramos ainda o charme de objetos antigos em exposição e um “cadinho” de mineiridade.

Não poderiam faltar na decoração também as velas e os delicados arranjos florais nas mesinhas. Os ambientes da casa são distintos e extremamente aconchegantes. Eles ajudam a conferir um ar de exclusividade para a experiência a ser vivida no local.

O Alpendre

No alpendre da casa estão dispostas algumas mesas, com destaque para a mesinha baixa e o sofazinho, ambiente extremamente agradável para se ficar a dois ou entre amigos. Quando entramos na casa, a primeira sala traz papel de parede, lustres pendentes, iluminação a meia luz. A partir deste salão, temos dali acesso a mais três ambientes, todos decorados com esmero.

Foto de divulgação

Para quem ama cinema

Onde seria a copa da casa foi colocada uma mesa grande com um painel atrás cheio de cartazes de filmes. Logo depois temos um bar onde são preparados excelentes drinks que fazem parte de uma carta especial da casa. No banheiro feminino, a imagem de Marilyn Monroe, no masculino James Dean.

O Cardápio da Casa

A casa tem um cardápio elaborado com muito cuidado, que mudou agora em 2015, e traz excelentes opções de entradinhas como caldinhos, que são deliciosos nesse frio e pastéis gourmet. Como pratos principais os destaques vão para Trifolati da chef: lombinho ao molho de laranja e mel acompanhado de cogumelos paris e funghi na manteiga queimada e o Bacalhau Grelhado: Postas de bacalhau grelhado com tomatinhos cereja servido com purê de banana da terra (de comer de joelhos!!)

Bacalhau que degustei na minha segunda ida ao local.

A carta de vinhos é bem variada e traz excelentes rótulos tanto nacionais quanto internacionais a preços honestos. Para quem não vai de vinho, eles tem no cardápio boas opções de cervejas especiais além é claro, da carta de drinks.

Definitivamente um bistrô romântico em BH

Minha segunda experiência no Dias de Graça foi deliciosa. Lá ao longo desse ano já foi palco de muitos pedidos de namoro, casamento e comemorações a dois. Aconselho fortemente fazer a reserva antes, principalmente se sua intenção for surpreender a cara-metade. Com antecedência você pode pedir para o pessoal colocar pétalas de rosas na mesa, por exemplo.

Foto de divulgação

Experimentem lá e me contem aqui como foi!

Até a próxima!

Serviço:

Endereço: Rua Expedicionário Hereny da Costa, 211 bairro Caiçaras – BH – MG

Telefone: 31- 3568-0278

Funcionamento: Quarta a sábado – 19h até o último cliente

Confiram aqui mais dicas de lugares que recomendo

About Nicole Delucca Linhares

Uma jornalista obcecada pelo lado bom da vida que está sempre em busca de experiências românticas para dividir com o mundo. Apaixonada por comidinhas, pores-do-sol, plantas, livros, cinema, viagens e teatro. É também professora de italiano, cozinheira para todas as horas, filosofa de boteco e, por fim, uma mistura doida de Minas, Itália e Piauí!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *