Viagem: Lugares Românticos em Nova Iorque – Brooklyn Bridge

Olá, pessoal! Gostaram do post de ontem? Quem ainda não leu, corre lá para conferir! Estou adorando dividir com vocês os lugares românticos em Nova Iorque que mais amo! Hoje vou convidá-los a saírem de Manhattan para passarem um dia super agradável do outro lado da ponte. Preparados?

Se vocês ainda não repararam, reparem: pontes são lugares intensos! A maioria delas é palco de juras de amor, pedidos de casamento, eternizados com cadeados presos em suas grades. Por todo canto que vou, sempre encontro as pontes dos apaixonados. Portanto, não seria diferente aqui: um dos lugares românticos em Nova Iorque que preciso indicar para vocês é justamente uma ponte. Se vocês forem do tipo preguiçosos parem já com isso: um dos passeios românticos em Nova Iorque que vocês precisam fazer é a caminhada na Ponte do Brooklyn.

lugares românticos em Nova Iorque

Eu aconselho vocês a tirarem um dia da viagem para se dedicarem a essa caminhada. Não! Calma! Vocês não vão ficar o dia todo andando na ponte. A caminhada em si leva de 30 a 45 minutos, dependendo do tanto que vocês pararem para fotos. A questão toda é que quando vocês chegam ao Brooklyn, vocês descobrem um novo mundo a ser explorado. Parques, natureza, vistas estonteantes. Passeios culturais, arte, restaurantes deliciosos, compras… Não é só um bate e volta na ponte para ver o lindíssimo skyline de Nova Iorque. Atravessar a Brooklyn Bridge é mais do que isso.

Planejando o passeio

A primeira coisa mais importante de todas a dizer é que não há pedágios ou nenhum tipo de cobrança para se atravessar a ponte! Para chegar ao seu acesso por Manhattan, vocês devem tomar as linhas 4, 5, 6, J ou Z e descer na estação Brooklyn Bridge City Hall. Não vai ter erro. É tudo muito bem sinalizado. 

Dito isso, sugiro que vocês comecem a caminhada cedo. A ponte tem cerca de 2km de extensão. Se preparem com roupas confortáveis, escolham um dia que não esteja com sol escaldante, levem uma garrafinha de água e caminhem sem pressa. Caso prefiram fazer a travessia de bicicleta, sei que existem algumas opções de bikes para alugar nas imediações. Eu preciso confessar: não sei andar de bicicleta, então essa possibilidade sempre fica fora de cogitação para mim.

Mas, só para não dizer que não dei a dica direito para vocês, fui procurar saber como a coisa pode ser feita. Existem empresas de aluguel de bicicletas, como a Brooklyn Bridge Sight Seeing que fazem esse tipo de trabalho. E o legal é que vocês podem se planejar com antecedência, deixando tudo agendado. Eles alugam bicicletas por hora ou para o dia todo. Escolham o que melhor se encaixa nos planos de vocês!

Curtindo o momento

Uma constante entre os lugares românticos em Nova Iorque que visitei é a sua capacidade de serem fotogênicos. Portanto, não se esqueçam da máquina fotográfica! A vista da ponte é sensacional! Vocês verão a Estátua da Liberdade, a Manhattan Bridge e o Skyline de Nova Iorque, que é lindo: uma mistura da arquitetura art decor com os prédios de arquitetura moderna.

O belíssimo skyline de Nova Iorque visto da Ponte do Brooklyn

O lugar por onde a gente caminha não dá acesso ao local por onde passam os carros. O trânsito pesado fica embaixo. Mas, é importante prestar atenção às faixas exclusivas para bicicletas. Se não quiserem ouvir os locais resmungando com vocês, é melhor não bloquear a ciclovia. Vocês terão outros lugares para pararem e ficarem de bobeira admirando a vista e fazendo fotos. A ciclovia é bem sinalizada, mas para não ter erro, é só vocês ficarem sempre à direita, porque o lado esquerdo é dos ciclistas.

Ao longo do caminho da ponte tem esses banquinhos para vocês descansarem e curtirem o visual…

Aos apaixonados que quiserem eternizar o seu amor colocando um cadeado nas grades da ponte para jogar a chave no rio East, um aviso: Vocês podem até fazer. Façam fotos e guardem a lembrança. Mas saibam que há uma probabilidade imensa de a prefeitura do Brooklyn chegar lá, simplesmente arrancar o cadeado de vocês e jogá-lo no rio.

Cadeados presos às grades da Brooklyn Bridge.

Vocês já devem ter visto a polêmica que esses cadeados do amor geram ao redor do mundo, né? Chega uma hora que eles pesam demais as estruturas das pontes, colocando a construção inteira em perigo. Então, pensem direitinho se o amor de vocês precisa mesmo ficar acorrentado às grades da Brooklyn Bridge!

Chegando do outro lado…

Estou dando a dica como se vocês estivessem saindo de Manhattan e indo rumo ao Brooklyn. Mas, tem muita gente que prefere fazer o caminho reverso, indo de metrô para o Brooklyn e caminhando para Manhattan. Se vocês forem animados, vocês podem ir e voltar andando.

Entretanto, acredito que se vocês também se encantarem pelo Brooklyn e resolverem explorá-lo para colocá-lo em suas listas de lugares românticos em Nova Iorque, pode ser que vocês prefiram pegar o metrô de volta para Manhattan. Com a bateção de perna, o cansaço chega, né, gente!? Mesmo sabendo que o visual é bacana do Brooklyn pra Manhattan, e também, sabendo que existe uma leve descaída da ponte no caminho reverso (pra baixo todo santo ajuda!), eu ainda assim prefiro subir um pouco o morrinho e sair de Manhattan para o Brooklyn para curtir o dia todo do outro lado da ponte. Eu não vou me cansar de dizer: chegando lá vocês vão se apaixonar e entender por que o Brooklyn ganhou meu coração entre os lugares românticos em Nova Iorque.

Por que o Brooklyn ganhou meu coração entre os lugares românticos em Nova Iorque

O Brooklyn é um capítulo a parte na vida de Nova Iorque. Se vocês forem como eu, dados a rompantes cinematográficos, vão ficar loucos assim que puserem os pés lá. De cara os pés de valsa se sentirão embarcando nos Embalos de Sábado a Noite (Saturday Night Fever – John Badham – 1978). Chegando à bucólica e histórica Brooklyn Heights Promenade, vocês vão olhar e terão uma breve lembrança de Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (Annie Hall – Woody Allen – 1977) ou então virão à cabeça de vocês cenas protagonizadas pela bella Loretta, vivida por Cher em o Feitiço da Lua (Moonstruck, Norman Jewison, 1987).

Fãs de Sex and the City não vão se esquecer de que Miranda Hobbs, vivida por Cynthia Nixon, em um dado momento foi viver no Brooklyn. Estão lembrados dessa cena romântica, onde Miranda finalmente aceita ir morar no Brooklyn com o Steve?

Onde ir

A travessia da Brooklyn Bridge é um dos lugares românticos em Nova Iorque que mais dão pano para manga. Talvez o Central Park se iguale a ele nesse quesito. Eu gostaria de falar sobre um por um dos lugares legais para se visitar por lá, mas isso pode ser tema de um post futuro, pois a lista é grande e ficaria informação demais para um post só.

Lago do Brooklyn dentro do Prospect Park

Então será assim: ao invés de detalhar um por um dos lugares, vou listar aqui os que mais amei para vocês se planejarem, Combinados?

Dicas:
  1. D.U.M.B.O – abreviação para Down Under Manhattan Bridge Overpass. É a região de passagem que fica abaixo da Manhattan Bridge. Lá tem várias atrações, galerias de artes, parques, restaurantes e uma vista lindíssima para Manhattan.
  2. Pizzaria Grimaldis: dá fila mas vale a pena!
  3. Brooklyn Heights Promenade – um calçadão elevado na região de Brooklyn Heights, perto do Brooklyn Bridge Park. Aproveitem os banquinhos para namorar admirando a vista!
  4. Brooklyn Bridge Park:  Lugar lindo onde vocês poderão curtir a vista, sentar na grama, fazer piquenique
  5. Brooklyn IceCream Factory: Porque depois de andar 40 minutos a gente merece um sorvete, não é verdade?
  6. Jacques Torres Chocolate: Para quem é chocólatra, um imperdível!
  7. Museu do Brooklyn: Negligenciado pela maioria das pessoas que vai à Nova Iorque. Este é o segundo maior museu da cidade e um dos maiores dos Estados Unidos. Entre as obras que vocês verão por lá, estão pinturas dos séculos XVII ao século XIX, obras-primas do Antigo Egito e arte contemporânea de grandes artistas mundiais. Fora o acervo permanente, o Brooklyn Museum faz exposições temporárias legais. Eu sou ratinha de museu, então sou suspeita pra indicar o passeio!
  8. Prospect Park: É uma espécie de Central Park do Brooklyn. Fica no coração do bairro, perto de outros lugares legais como o Parque Jardim Botânico do Brooklyn, a arena Barclays Center, a Old Stone House e o The Pavilion Theater.
  9. Para aqueles que curtem arte de rua, deem uma passada no Bushwick Collective. Eles são um coletivo de artistas urbanos do mundo inteiro que desde 2012 vem fazendo grafites lindíssimos no Bushwick, um bairro dentro do Brooklyn. O ponto de partida para vocês começarem a ver as obras é a esquina da Troutman Street com a Saint Nicholas Avenue.

Um detalhe das casas ao longo da Promenade

O Museu do Brooklyn

E ai? Animaram atravessar a ponte e descobrir esse reduto hipster charmosíssimo de Nova Iorque? Espero que curtam o Brooklyn como eu curti!

Até amanhã com mais uma dica de lugares românticos em Nova Iorque para vocês se apaixonarem!

About Nicole Delucca Linhares

Uma jornalista obcecada pelo lado bom da vida que está sempre em busca de experiências românticas para dividir com o mundo. Apaixonada por comidinhas, pores-do-sol, plantas, livros, cinema, viagens e teatro. É também professora de italiano, cozinheira para todas as horas, filosofa de boteco e, por fim, uma mistura doida de Minas, Itália e Piauí!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *