Horta Urbana em BH: Um Passeio Para Casais Conscientes e Engajados

Hoje falarei a respeito de um lugar que conheci há um ano, mas que acredito que seja um ótimo passeio para casais antenados, conscientes e engajados. Estou falando da Be Green Farm, a horta urbana de BH. Não é segredo para ninguém que eu amo gastronomia. Quem me acompanha pelo Instagram provavelmente já se viu ali salivando com a quantidade de comidas que posto tanto no feed quanto nos stories. E mesmo aqui no blog, a seção Cozinhando a Dois está cheia de inspirações gastronômicas deliciosas para quem ama cozinhar.

Saladinha simples de almeirão picadinho com alface e flores de capuchinha. Tudo da minha horta!

Agora não sei se vocês já observaram, mas sempre que posto comidas tanto aqui quanto no Instagram, eu dou dicas de como escolher os ingredientes. É que me preocupo com a qualidade dos alimentos que trago para casa. Mineiro é um bicho complicado, né? Desconfia de tudo. Então, no geral, prefiro sempre os alimentos que eu mesma planto.

Sementeiras de ruibarbo feitas por mim

No entanto, nem sempre é possível ter exatamente tudo aquilo que consumimos na horta de casa. Sendo assim, acho de extrema importância sabermos a quem recorrer para conseguirmos ter uma boa alimentação. E se essa alimentação saudável puder ainda ser sustentável, engajada socialmente e consciente, tanto melhor. É aquela história: a comida precisa fazer bem para o corpo, para a alma e também para a nossa consciência.

Dentro da estufa da Horta Urbana de BH

A Horta Urbana de BH

É justamente neste contexto de busca por uma alimentação mais saudável e consciente que entra a Horta Urbana de BH. Eu sugeri aqui o local como um passeio romântico. No entanto, a experiência na Be Green Farm vai um pouco além disso. Primeiramente sim, é romântico. O lugar é lindo, alto astral, cheio de detalhes fofos que fazem a gente querer ficar ali um tempão de rostinho colado. Porém, além disso há também uma pegada que nos faz parar para pensar.

Entrada do Be Green Farm – Horta Urbana de BH

O que consumimos, como consumimos e como descartamos o que consumimos? Pois é! A horta urbana de BH, além de ser um passeio super gostoso, lugarzinho alto astral para namorar, também nos faz repensar o modo como vivemos cotidianamente.

Fiquei apaixonada pelas taiobas da entrada

O que é o Be Green Farm?

A Be Green Farm é uma fazenda urbana instalada no Shopping Boulevard, que fica no bairro Santa Efigênia, região relativamente central da cidade. Ela foi inaugurada em maio do ano passado e foi então a primeira horta urbana de BH. A Be Green ocupa uma área de 2.700 metros quadrados e é também a primeira fazenda urbana da América Latina com fins comerciais.

A ideia de lá é produzir alimentos naturais, sem agrotóxicos, a preços competitivos para tirar os intermediários entre os produtores e os consumidores finais. Com isso os idealizadores do projeto pretendem diminuir o desperdício de alimentos, fomentar uma economia mais voltada para a comunidade próxima e, naturalmente, incentivar a população a se alimentar melhor.

Mudinhas para serem transplantadas

A tecnologia que eles usam para a produção é inovadora. O plantio é feito dentro de estufas que ocupam aproximadamente 1500 metros quadrados da área total do local. Nelas o pessoal consegue ter controle sobre variantes que poderiam por ventura prejudicar a produção.

A estufa da horta urbana de BH: ai dentro as condições climáticas são 100% controladas

Variações climáticas por exemplo são eliminadas lá dentro. Nem chuva e nem sol excessivos comprometem a qualidade das hortaliças. Quando faz muito calor, a estufa regula a temperatura para baixo. Por outro lado, caso esteja muito frio, ela aumenta a temperatura internamente. E as plantas recebem exatamente a quantidade de água e nutrientes que precisam para viver através de um sistema de irrigação inteligente.

Por dentro de cada um desses invólucros passa água corrente vinda do sistema de irrigação da horta

Tecnologia inovadora de cultivo

Aliás, esse sistema de irrigação é muito mais do que uma mera engenhoca. O cultivo na horta urbana de BH é feito através da aquaponia. Este é um sistema de produção que alia o cultivo de hortaliças à criação de peixes. E não, não confundam aquaponia com hidroponia. Embora sejam muito parecidos, esses são sistemas de cultivo diferentes.

O que é o sistema de aquaponia

Conheci esse sistema ano passado após minha primeira visita ao Be Green. Depois, agora no mês de julho, na Universidade Federal de Viçosa entendi um pouco mais sobre ele e vi algumas experiências interessantes dos alunos de engenharia agronômica do Campus Florestal.

Um mini sistema de aquaponia criado por alunos da Universidade Federal de Viçosa, Campus Florestal

A equipe da Be Green Farm faz uma visita guiada conosco pelo local e não só explica direitinho o sistema como também nos mostra in locu como tudo funciona. Esse tour custa R$15,00 e a gente o compra na Casa Horta, lojinha que faz parte do complexo da fazenda.

Reservatórios de água onde são criadas as tilápias e onde a água é filtrada para alimentar a horta

Neste valor está inclusa a visita por todo o local com explicações sobre como ele foi concebido e construído. Além disso, saímos de lá com um buquê de hortaliças do dia para levar para casa.

Buquês de hortaliças Be Green – Foto de divulgação

Um passeio a dois na horta urbana de BH

Mas não estamos aqui para conversar somente sobre como a Be Green Farm funciona, não é mesmo? Primeiramente vocês podem me questionar: “Mas Nicole, lá inaugurou ano passado, você já foi lá várias vezes, por que só está dando essa dica agora”? Pois bem, pessoal. Demorei mesmo a falar sobre o lugar.

No entanto, eu não demorei nem um segundo para comprar a ideia dele. Eu só fiquei pensativa no início se ele caberia efetivamente como indicação de lugar romântico por aqui. Sendo assim, preferi observar o movimento e ver como a novidade seria recebida pela cidade para então dar meu parecer.

Foto de divulgação

Estive lá outro dia e de repente me veio aquele sentimento de: “Oh meu Deus! ainda não escrevi sobre lá”! Então, cá estou eu me redimindo desse deslize. Além da horta urbana, o complexo Be Green Farm tem também uma loja, a Casa Horta, para vender os produtos cultivados por lá, além daqueles que são fornecidos por produtores locais e empreendedores criativos da região.

Parte externa da Casa Horta.

Além disso, a Fazenda Urbana tem espaços onde acontecem eventos ligados à sustentabilidade, meio ambiente e gastronomia. Exemplos são a Feira Fresca e a Feira Bio.

Casa Horta – Foto de divulgação

A Casa Amora

Na fazenda urbana de BH a gente encontra ainda a Casa Amora, um restaurante delicioso que funciona no esquema Farm to table (da fazenda para a mesa). As hortaliças saem fresquinhas da horta urbana e vão direto para a cozinha deles, instalada ali em um contêiner bem em frente às estufas.

Casa Amora – foto de divulgação

O esquema da casa para o almoço é simples: eles dividem o cardápio em 3 tipos de proteínas com faixas de preços diferentes e a gente escolhe se as quer com 2 ou 3 acompanhamentos. Quem preferir sem carne, ok: fica com 4 acompanhamentos. É o pessoal da casa quem nos serve e para acompanhar as comidinhas, podemos escolher sucos naturais feitos no dia com produtos fresquinhos. O cardápio é super colorido, cheio de saladas, legumes e grãos. Dá muito gosto de ver, gente!

Casa Amora Savassi – Foto de divulgação

A Casa Amora existe em BH desde 2013. A primeira unidade do restaurante fica ali na Savassi, na rua Paraíba. O lugar é uma graça. A ideia deles sempre foi a de ser um restaurante de comida saudável que une a nutrição (equilíbrio dos nutrientes que compõem o prato) à gastronomia (os sabores, a apresentação).

Casa Amora Savassi – Foto de divulgação

Por lá nada industrializado ou preparado de forma pouco saudável. Na Casa Amora eles preparam a comida com muito capricho, criatividade dando às pessoas a possibilidade de constatar que comer uma comidinha saudável é gostoso e mais simples do que se imagina.

Numa das minhas idas à Casa Amora experimentei esse quibe de abóbora delicioso, com saladinha verde e frango com molho de tomate seco

Funcionamento da Casa Amora

Na Be Green Farm a Casa Amora funciona todos os dias para o almoço, a partir das 11:30h e após as 15h eles continuam no embalo servindo lanches, quitutes, sucos, pães de queijo e sanduíches. Aos sábados, a partir das 9:30h eles servem também café da manhã. Olha que opção delicinha para vocês terem em mente para uma programação romântica de fim de semana!

Quiche integral e suco natural para o lanche da tarde! – Foto de divulgação

Bom, pessoal, é isso! Eu espero que vocês tenham gostado da dica de hoje. A Be Green Farm é atualmente um dos meus lugares preferidos em Belo Horizonte, e falo isso sem demagogia no discurso. É que realmente eles trazem muitos valores que eu carrego comigo na vida. Eu sei que não é fácil ser consciente e sustentável sempre. Sei também que todos nós temos os nossos momentos de junk food.

No entanto, é preciso ver concretizadas em nosso cotidiano mais atitudes como as que a Horta urbana de BH tem incentivado. Quando há mais de 10 anos comecei a cuidar das minhas hortinhas, não o fiz porque eu acho que a humanidade vai viver melhor assim. Eu o fiz porque eu queria mais qualidade de vida. Não entendam isso como egoísmo porque não é. A questão é que no fundo é isso o que todos nós queremos: Um momentinho de paz, qualidade de vida, saúde, e claro: muito amor no coração! O mundo depois, se beneficia disso, não é verdade?

Até a próxima pessoal!

Serviço:

Be Green Farm

Endereço: Av. Andradas, 3.000, Santa Efigênia – Shopping Boulevard Belo Horizonte

Contato: 31 – 3241 7549

Site: https://www.begreen.farm/

Clique aqui para ler mais dicas de Lugares que eu Recomendo!

About Nicole Delucca Linhares

Uma jornalista obcecada pelo lado bom da vida que está sempre em busca de experiências românticas para dividir com o mundo. Apaixonada por comidinhas, pores-do-sol, plantas, livros, cinema, viagens e teatro. É também professora de italiano, cozinheira para todas as horas, filosofa de boteco e, por fim, uma mistura doida de Minas, Itália e Piauí!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *